Skip to main content

Grata memória 1950 - 1969

 

1920 - 1930 - 1940 - 1950 - 1960 - 1970 - 1980 - 19902000

 

1950

Nos anos 50 São Paulo viu sua população passar de pouco mais de 2 milhões de habitantes para mais de 3,5 milhões. O dinamismo da economia refletia-se então no aumento da população: a cidade crescia impulsionada pelo movimento de expansão do setor industrial. As correntes migratórias respondiam por grande parte do crescimento demográfico e eram geradas especialmente na região Nordeste, trazendo mais e mais pessoas, atraídas pela possibilidade real de incorporação dos recém chegados ao mercado de trabalho, seja nas fábricas, seja na construção civil.

A região central de São Paulo fora ocupada pelos arranha-céus, tanto na porção de seu núcleo histórico, a leste do vale do Anhangabaú, conhecida como Centro Velho – abrigando especialmente sedes de bancos e instituições financeiras – como na porção oeste do vale, em direção à praça da República e conhecida como Centro Novo – onde se instalaram sobretudo atividades comerciais e de serviços, em ruas como Barão de Itapetininga, Xavier de Toledo, Conselheiro Crispiniano, 24 de Maio, Dom José de Barros. As avenidas São João e Ipiranga delimitavam a Cinelândia, principal pólo de entretenimento e de vida noturna da capital, com seus muitos cinemas, restaurantes, bares e calçadas iluminadas por enormes letreiros de néon.

(Prefeitura da Cidade de São Paulo, Arquivo Histórico Demográfico)

 1951

Através da decisão Conciliar a Missão da Trindade é elevada a categoria de Paróquia.

1952

No dia 15 de dezembro iniciam as obras para construção da Paróquia da Santíssima Trindade. Comissão da campanha pró construção: Revmo. Dr. Louis C. Melcher (Bispo Diocesano), Venerável Arcediago Gaudêncio Vergara dos Santos (Pároco), Sr.Runs Moreira (Diretor), Sr. Alfredo Luiz do Amaral, Dr. Jacob Mauricio Ruchti, Dr. Paulo Marques Leite, Sr. Tiago Ichizo Hara e D.Anna Maria Luiza Camargo. O projeto arquitetônico é de autoria do  Dr. Jacob M. Ruchti de 1952.

Fonte Imagem: Arquivo Paroquial

 1955

07 de agosto

Inauguração da Igreja da Santíssima Trindade presença do Bispo Louis Chester Melcher, Pároco Edmund Knox Sherril e como pregador Reverendo Plínio Simões. 

Fonte Imagem: Arquivo Paroquial

Moderno Templo da Trindade

Abaixo temos o Reverendo Gaudêncio Vergara com o arquiteto do templo da Paróquia da Santíssima Trindade, o professor Jacob M. Ruchti

Fonte Imagem: Dirson Glênio Vergara

 1956

26 de abril

A Paróquia hospeda o 2º Sínodo da Igreja Episcopal

  Fonte Imagem: Estandate Cristão nº  1398 ano 1956

1958

Ordenação Diaconal de Alfredo da Fonseca, Ewaldo Wrege, Sydney Ruiz e Dirson Vergara pelo Bispo Louis Melcher. Presença dos reverendos Edmund Sherrill, Jaci Maraschin, Paulo Dallfolo, Arcediago Vergara,

Fonte Imagem: Arquivo Paroquial

Reverendo Silvado Bueno, Reverendo Sumio Takatsuo, Reverendo Evaldo Wrege, Missionária Elisa Daniel e Srª Elizabeth Del Nero.

Elizabeth Del Nero e Elisa Daniel

Fonte Imagem: Norton Cool

1961

 

25 de dezembro

Início do Concílio Vaticano II convocado pelo Papa João XXIII e que iria mudar a vida da Igreja Católica internamente e suas relações com o Ecumenismo. O Concílio durou até 1965 no pontificado de Paulo VI.

1962

Agora não mais como pároco, o Bispo Edmund Sherrill realizou os seus atos pastorais na Igreja da Trindade

Bispo Sherril e Marcelina Del Nero

Fonte Imagem: Arquivo Paroquial

1º de janeiro

Emancipação da Paróquia da Santíssima Trindade

18 de março

O Reverendo José Del Nero é instituido como Reitor pelo Reverendíssimo Bispo Dom Edmund Sherrill

 Fonte Imagem: Estandate Cristão nº  1464 ano 1962

 

 

09 de setembro

A Igreja da Trindade recebe em seu púlpito o Dom Ignatios Ferzeli, arcebispo da Igreja Ortodoxa Antioquina.

 Fonte Imagem: Estandate Cristão nº  1470 ano 1962

 23 de setembro

Reverendo Del Nero ao lado do Reverendo Jorge Bertolazzo Stella da Catedral Evangélica de São Paulo no ofício in memorian pelo falecimento do Reverendo Epaminondas Melo do Amaral  

  

Fonte Imagem: Estandate Cristão nº  1470 ano 1962

1964

Início do Governo Militar  que submeteu o Brasil a uma ditadura militar e uma política alinhada com o Governo dos Estados Unidos da América. Segundo o professor Kickhöfel (1995, p.235) "o golpe militar de 1964 influenciou também as relações da igreja com o exterior. O período do primaz Kratz (1971-1984), que havia optado pelas questões sociais, significou o fechamento da igreja brasileira em relação às igrejas de outros países, especialmente os Estados Unidos. Alguns clérigos brasileiros foram obrigados a abandonar o país; outros foram presos por sua postura ideológica contrária ao regime militar instituído no país".

 1966

26 de janeiro

Conferência dos Bispos Anglicanos: Primeira conferência da América Latina para consulta e estudos do anglicanismo. A Paróquia da Santíssima Trindade acolhe um Ofício Vespertino,  tendo como pregador o Arcebispo Primaz da Inglaterra Dom F. D. Coogan.

 

Fonte Imagem: Estandate Cristão nº  1506 ano 1966

29 maio

Por ocasião da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos a Paróquia da Santíssima Trindade recebe o Cardeal Rossi acompanhado por D. José Lafayette e Monsenhor Heladio Carreira Laurini. O pároco Reverendo José Del Nero participa ativamente do movimento ecumênico e propaga corajosamente seus ideiais. Pela primeira vez em São Paulo a mais alta autoridade da Arquidiocese Romana ocupa o templo de uma igreja episcopal. Ressaltamos o sermão do Cardeal Rossi: "A presença de um Cardeal neste vosso Templo, ó irmãos em Cristo pertencentes à Comunhão Anglicana, é uma presença e uma palavra que vêm dar razão àquele bispo ortodoxo que exclamou 'As barreiras da separação não sobem até os céus'. E essas mesmas barreiras, vergonhosas, porque falsas e criminosas, que não sobem até o céu, estão ruindo por terra, pouco a pouco".

Logo abaixo, o abraço fraterno entre Reverendo José Del Nero e o Cardeal Rossi nos jardins da Paróquia da Santíssima Trindade

Fonte Imagem: Estandate Cristão nº  1509 ano 1966

Na primeira fila representantes religiosos para a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos

Fonte Imagem: Estandate Cristão nº  1509 ano 1966

 No mesmo ano os Vitrais da Igreja da Santíssima Trindade são erguidos através do trabalho de seus paroquianos. A artista plásticaMaria Leontina foi convidada especialmente pela Junta Paroquial para produzir a obra. O contato com Leontina foi realizado através do arquiteto Jacob M. Ruchti. A empresa CBV ficou como responsável em erguer os vitrais.

Maria Leontina

Vitrais da Igreja Episcopal do Brasil

 


 

1920 - 1930 - 1940 - 1950 - 1960 - 1970 - 1980 - 19902000